sábado, 19 de junho de 2010

MATRIZ DE COMPETÊNCIAS E HABILIDADES DO ENSINO MÉDIO -Ciências da Natureza e SuasTecnologias

EIXOS COGNITIVOS
I- Dominar a norma culta da Língua Portuguesa e fazer uso das
linguagens matemática, artística e científica.
II- Construir e aplicar conceitos das várias áreas do conhecimento para a
compreensão de fenômenos naturais, de processos históricogeográficos,
da produção tecnológica e das manifestações artísticas.
III- Selecionar, organizar, relacionar, interpretar dados e informações
representados de diferentes formas, para tomar decisões e enfrentar
situações-problema.
IV- Relacionar informações, representadas em diferentes formas, e
conhecimentos disponíveis em situações concretas, para construir
argumentação consistente.
V- Recorrer aos conhecimentos desenvolvidos para elaboração de
propostas de intervenção solidária na realidade, respeitando os valores
humanos e considerando a diversidade sociocultural.
COMPETÊNCIAS GERAIS
M1 - Compreender as ciências como construções humanas, relacionando o desenvolvimento científico ao longo da história com a transformação da sociedade.
M2 - Compreender o papel das ciências naturais e das tecnologias a elas
associadas, nos processos de produção e no desenvolvimento econômico e social contemporâneo.
M3 - Identificar a presença e aplicar as tecnologias associadas às ciências naturais em diferentes contextos relevantes para sua vida pessoal.
M4 - Associar alterações ambientais a processos produtivos e sociais, e
instrumentos ou ações científico-tecnológicos à degradação e preservação do ambiente.
M5 - Compreender organismo humano e saúde, relacionando conhecimento científico, cultura, ambiente e hábitos ou outras características individuais.
M6 - Entender métodos e procedimentos próprios das ciências naturais e aplicá-los a diferentes contextos.
M7 - Apropriar-se de conhecimentos da física para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenções científico-tecnológicas no mundo contemporâneo.
M8 - Apropriar-se de conhecimentos da química para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenções científico-tecnológicas no mundo contemporâneo.
M9 - Apropriar-se de conhecimentos da biologia para compreender o mundo natural e para interpretar, avaliar e planejar intervenções científico-tecnológicas no mundo contemporâneo.
HABILIDADES
I II III IV V
M1 H1 H2 H3 H4 H5
M2 H6 H7 H8 H9 H10
M3 H11 H12 H13 H14 H15
M4 H16 H17 H18 H19 H20
M5 H21 H22 H23 H24 H25
M6 H26 H27 H28 H29 H30
M7 H31 H32 H33 H34 H35
M8 H36 H37 H38 H39 H40
M9 H41 H42 H43 H44 H45
H1 - Identificar transformações de idéias e termos científico-tecnológicos ao longo de diferentes épocas e entre diferentes culturas.
H2 – Utilizar modelo explicativo de determinada ciência natural para
compreender determinados fenômenos.
H3 - Associar a solução de problemas de comunicação, transporte, saúde, ou outro, com o correspondente desenvolvimento científico e tecnológico.
H4 - Confrontar diferentes interpretações de senso comum e científicas sobre práticas sociais, como formas de produção, e hábitos pessoais, como higiene e alimentação.
H5 - Avaliar propostas ou políticas públicas em que conhecimentos científicos ou tecnológicos estejam a serviço da melhoria das condições de vida e da superação de desigualdades sociais.
H6 – Identificar diferentes ondas e radiações, relacionado-as aos seus usos cotidianos, hospitalares ou industriais.
H7 – Relacionar as características do som a sua produção e recepção, e as características da luz aos processos de formação de imagens.
H8 – Analisar variáveis como pressão, densidade e vazão de fluidos para
enfrentar situações que envolvam problemas relacionados à água, ou ao ar, em processos naturais e tecnológicos.
H9 - Comparar exemplos de utilização de tecnologia em diferentes situações culturais, avaliando o papel da tecnologia no processo social e explicando transformações de matéria, energia e vida.
H10 - Analisar propostas de intervenção nos ambientes considerando as
dinâmicas das populações, associando garantia de estabilidade dos ambientes e da qualidade de vida humana a medidas de conservação, recuperação e utilização auto-sustentável da biodiversidade.
H11 - Utilizar terminologia científica adequada para descrever situações
cotidianas apresentadas de diferentes formas.
H12 - Interpretar e dimensionar circuitos elétricos domésticos ou em outros ambientes, considerando informações dadas sobre corrente, tensão, resistência e potência.
H13 - Relacionar informações para compreender manuais de instalação e
utilização de aparelhos ou sistemas tecnológicos de uso comum.
H14 - Comparar diferentes instrumentos e processos tecnológicos para
identificar e analisar seu impacto no trabalho e no consumo e sua relação com a qualidade de vida.
H15 - Selecionar procedimentos, testes de controle ou outros parâmetros de qualidade de produtos, conforme determinados argumentos ou explicações, tendo em vista a defesa do consumidor.
H16 - Identificar e descrever processos de obtenção, utilização e reciclagem de recursos naturais e matérias-primas.
H17 - Compreender a importância da água para a vida em diferentes ambientes em termos de suas propriedades químicas, físicas e biológicas, identificando fatos que causam perturbações em seu ciclo.
H18 - Analisar perturbações ambientais, identificando fontes, transporte e destinos dos poluentes e prevendo efeitos nos sistemas naturais, produtivos e sociais.
H19 - Analisar aspectos éticos, vantagens e desvantagens da biotecnologia (transgênicos, clones, melhoramento genético, cultura de células), considerando as estruturas e processos biológicos neles envolvidos.
H20 - Relacionar atividades sociais e econômicas - comércio, industrialização, urbanização, mineração e agropecuária - com as principais alterações nos ambientes brasileiros, considerando os interesses contraditórios envolvidos.
H21 - Interpretar e relacionar indicadores de saúde e desenvolvimento
humano, como mortalidade, natalidade, longevidade, nutrição, saneamento, renda e escolaridade, apresentados em gráficos, tabelas e/ou textos.
H22 - Reconhecer os mecanismos da transmissão da vida e prever a
manifestação de características dos seres vivos, em especial, do ser humano.
H23 - Associar os processos vitais do organismo humano (defesa, manutenção
do equilíbrio interno, relações com o ambiente, sexualidade, etc.) a fatores de ordem ambiental, social ou cultural dos indivíduos, seus hábitos ou outras características pessoais.
H24 - Avaliar a veracidade e posicionar-se criticamente diante de informações sobre saúde individual e coletiva relacionados a condições de trabalho e normas de segurança.
H25 - Analisar propostas de intervenção social considerando fatores
biológicos, sociais e econômicos que afetam a qualidade de vida dos
indivíduos, das famílias e das comunidades.
H26 - Relacionar informações apresentadas em diferentes formas de
linguagem e representação usadas nas Ciências, como texto discursivo,
gráficos, tabelas, relações matemáticas ou linguagem simbólica.
H27 - Analisar e prever fenômenos ou resultados de experimentos científicos organizando e sistematizando informações dadas.
H28 - Selecionar, em contextos de risco à saúde individual e coletiva, normas de segurança, procedimentos e condições ambientais a partir de critérios científicos.
H29 - Avaliar a adequação a determinadas finalidades de sistemas ou produtos como águas, medicamentos e alimentos a partir de suas características físicas, químicas ou biológicas.
H30 - Selecionar métodos ou procedimentos próprios das Ciências Naturais que contribuam para diagnosticar ou solucionar problemas de ordem social, econômica ou ambiental.
H31 - Descrever e comparar características físicas e parâmetros de
movimentos de veículos, corpos celestes e outros objetos em diferentes
linguagens e formas de representação.
H32 - Reconhecer grandezas significativas, etapas e propriedades térmicas dos materiais relevantes para analisar e compreender os processos de trocas de calor presentes nos sistemas naturais e tecnológicos.
H33 - Utilizar leis físicas para prever e interpretar movimentos e analisar
procedimentos para alterá-los ou avaliá-los, em situações de interação física entre veículos, corpos celestes e outros objetos.
H34 - Comparar e avaliar sistemas naturais e tecnológicos em termos da
potência útil, dissipação de calor e rendimento, identificando as
transformações de energia e caracterizando os processos pelos quais elas
ocorrem.
H35 - Analisar diversas possibilidades de geração de energia para uso social, identificando e comparando as diferentes opções em termos de seus impactos ambiental, social e econômico.
H36 - Reconhecer e utilizar códigos e nomenclatura da química para
caracterizar materiais, substâncias e transformações químicas e para
identificar suas propriedades.
H37 - Caracterizar materiais, substâncias e transformações químicas,
identificando propriedades, etapas, rendimentos e taxas de sua obtenção e produção; implicações sociais, econômicas e ambientais.
H38 - Identificar implicações sociais, ambientais e/ou econômicas na produção ou no consumo de eletricidade, dos combustíveis ou recursos minerais, em situações que envolvam transformações químicas e de energia (a partir de petróleo, carvão, biomassa, gás natural, e dispositivos como pilhas e outros tipos de baterias).
H39 - Relacionar a importância social e econômica da eletricidade, dos
combustíveis ou recursos minerais, identificando e caracterizando
transformações químicas e de energia envolvendo fontes naturais (como
petróleo, carvão, biomassa, gás natural, e dispositivos como pilhas e outros tipos de baterias), identificando riscos e possíveis danos decorrentes de sua produção e uso.
H40 - Analisar propostas de intervenção ambiental aplicando conhecimento químico, observando riscos e benefícios.
H41 - Identificar e descrever diferentes representações de fenômenos
biológicos a partir de textos e imagens.
H42 - Associar características gerais e adaptações dos grandes grupos de
animais e plantas com o seu modo de vida e seus limites de distribuição nos diferentes ambientes, em especial nos ambientes brasileiros.
H43 - Prever ou interpretar resultados que se apliquem à indústria alimentícia, agricultura, saúde individual /coletiva, produção de medicamentos, decomposição de matéria orgânica, ciclo do nitrogênio e produção de oxigênio, a partir da descrição de experimentos ou técnicas envolvendo a utilização de vírus, bactérias, protozoários, algas ou fungos.
H44 - Comparar argumentos em debate, ao longo do tempo, sobre a evolução dos seres vivos.
H45 - Avaliar propostas de alcance individual ou coletivo, identificando
aquelas que visam à preservação e à implementação da saúde individual,
coletiva ou do ambiental.

3 comentários:

roselaine disse...

Gostei das sugestões,valeu pelo excelente trabalho!!!

Fátima Sá disse...

Obrigada!!!

Fátima Sá disse...
Este comentário foi removido pelo autor.